História

As comemorações dos 100 anos da Universidade Federal de Lavras serão sempre um momento de retorno ao vivido, à história, de fazer uma releitura do passado com os olhos do presente e de projetar o futuro. É uma espécie de eterno retorno, momento de revistar a memória daqueles que vivenciaram uma experiência passada, de divisão de nossas responsabilidades presentes e de construir um legado que sirva de referência para a construção do futuro.

Ao observarmos a linha do tempo, podemos constatar que a história de sucesso dos 34 anos da Pós-graduação Stricto Sensu demonstra que a ESAL não foi apenas mais uma entre as instituições pioneiras em criar cursos de mestrado e doutorado em ciências agrárias e administrativas. A instituição, sabiamente, construiu e soube manter o compromisso de busca da qualidade acadêmica e com a formação integral da pessoa humana. Desde a sua idealização e fundação, a Pós-Graduação Sricto Sensu ocupou-se de pautar as suas ações em fundamentos morais sólidos e em valores que são rememorados a todo o momento. Entre os valores partilhados pela nossa comunidade acadêmica desde a criação da ESAL, no início do século passado, destacam-se a devoção ao saber, ética do trabalho, rigor científico, respeito à pessoa humana e orientação para o futuro.

Sempre tendo como meta a excelência e a qualidade, a Escola Superior de Agricultura de Lavras empreendeu um arrojado plano de capacitação docente, antecipando a necessidade de oferta de ensino de alto nível. O elevado grau de qualificação docente e o desenvolvimento da pesquisa foram fatores determinantes para a criação de cursos de pós-graduação na ESAL. Acrescente-se, ainda, a sempre crescente demanda por profissionais com elevada especialização, devido ao rápido crescimento econômico que o Brasil experimentava na década de 1970. Por acreditar que o desenvolvimento sustentado sempre exige competência técnica e inovação tecnológica, a ESAL/UFLA investiu fortemente na pós-graduação, cujo crescimento fabuloso sempre foi pautado em condições satisfatórias de recursos humanos e infra-estrutura.

A semente da pós-graduação foi lançada em 1972, quando o professor Fábio Pereira Cartaxo, então diretor da ESAL, constituiu uma comissão para estudar a viabilidade de implantação de cursos de pós-graduação. A comissão, após criterioso estudo, emitiu parecer favorável e, ainda naquele ano, foi criada a Coordenadoria de Pós-Graduação na ESAL. No primeiro semestre de 1975, foram implantados na ESAL os primeiros cursos de pós-graduação Stricto Sensu: o mestrado em Agronomia com concentração em Fitotecnia e o mestrado em Administração Rural. A eles somaram-se outros, totalizando atualmente 19 programas, com 34 cursos, sendo 17 de doutorado e 19 cursos de mestrado.

O processo de institucionalização da Pós-graduação Stricto Sensu promovido pela UFLA não pode ser retratado de forma isolada ou como feito heróico de uma única pessoa. Ao contrário, ele deve ser memorizado e revivido como um empreendimento intelectual coletivo, que contou com a participação de diversas pessoas: dirigentes, coordenadores de cursos, docentes, discentes, técnicos administrativos, secretárias. Na construção dessa história de sucesso, o trabalho de alguns docentes foi fundamental, bem como a liderança, capacidade de superação e a competência administrativa. Entre esses docentes, merecem destaque aqueles que, de forma particular, souberam capitanear as iniciativas de consolidação e crescimento da Pós-Graduação na Universidade Federal de Lavras (Quadro1.)

Nomes Mandatos
Paulo Roberto da Silva Fev/1973 a jun/1975
João Márcio de Carvalho Rios Jul/1975 a abr/1976
Antônio Resende Soares Mai/1976 a dez/1976
Joaquim dos Santos Penoni Jan/1977 a jan/1980
Américo Iorio Ciociola Fev/1980 a fev/1984
Juventino Júlio de Souza Fev/1984 a abr/1984
Guaracy Vieira Abr/1984  a dez/1987
Fabiano Ribeiro do Vale Dez/1987 a dez/1991
Antônio Marciano da Silva Dez/1991 a jun/1996
César Augusto Brasil Pereira Pinto Jun/1996 a maio/2000
Luiz Edson Mota de Oliveira Jun/2000 a maio/2004
Joel Augusto Muniz Jun/2004 a maio/2008

A criação, consolidação e expansão da Pós-graduação, para efeitos deste site, ocorreram em duas fases que marcaram a história da ESAL-UFLA. A primeira fase compreende o período entre 1975 e 1994, ano da transformação da ESAL em Universidade Federal de Lavras e, a segunda fase, que abrange as ações institucionais realizadas entre 1995 e 2008. Na primeira fase, foram criados, além dos cursos de mestrado em fitotecnia e administração rural, os programas de ciência do solo, ciência de alimentos, zootecnia, fisiologia vegetal, genética e melhoramento de plantas, fitopatologia, engenharia agrícola e engenharia florestal. Na segunda fase, criaram-se os programas de entomologia, agroquímica, estatística e experimentação, microbiologia agrícola, ciências veterinárias, biotecnologia vegetal, ciência e tecnologia da madeira, ecologia aplicada e engenharia de sistemas. Alguns aspectos da história de cada uma desses programas podem ser acessados nos seus próprios sites.

Objetivos

Os programas de Pós-graduação Stricto Sensu têm por objetivo formar mestres e doutores que sejam capazes de:

a) propor, de forma competente, a resolução de problemas técnico-científicos em sua área de conhecimento;

b) contribuir para o desenvolvimento de produtos e processos tecnológicos inovadores ambientalmente compatíveis;

c) desenvolver processos educacionais inovadores que promovam o desenvolvimento humano qualificado e a cidadania;

d) fundamentar suas condutas científicas e pedagógicas em padrões éticos e socialmente responsáveis.